imagem offline
Fabrício César de Oliveira, empresário morto pelo filho em Valinhos (SP)

Primeiro Impacto

Pai agressor morto pelo filho ameaçou mãe e jovem um dia antes

audima

De acordo com a polícia, empresário teria enfiado arma na boca de uma das vítimas no dia anterior e dizia que ia matá-los. Caso aconteceu em Valinhos (SP)

por: Primeiro Impacto | 04/08/2021 às 10:15

O empresário morto pelo próprio filho de 14 anos em Valinhos (SP), na última terça-feira (3), deixava algumas das armas espalhadas pela residência. O homem tinha oito armas, incluindo um fuzil.

Criminosos fazem reféns durante assalto a posto de combustíveis
Carreta bate de frente com veículo e deixa cinco mortos no Paraná

O adolescente atirou três vezes em Fabrício César de Oliveira, e assumiu a autoria. O jovem foi motivado pelas agressões do pai à mãe, que eram recorrentes. De acordo com o rapaz, ele também era agredido, devido à violência constante do pai, que andava sempre armado.

O policial militar Juliano Cerqueira afirmou que mãe e filho foram ameaçados um dia antes da tragédia. "Ele colocou os dois de joelhos no chão, apontou arma para a cabeça, teria enfiado a arma na boca de uma das vítimas e dizia que que ia matá-los". 

No dia da morte do agressor, ele teria dito ao filho que retirasse a roupa pois "ia dar uma surra com uma barra de ferro".

Oliveira foi encontrado morto na garagem da mansão da família, em um condomínio de luxo. O adolescente alegou legítima defesa após mais um caso de agressão à mãe. Segundo a polícia, o garoto vai responder pelo crime de homicídio, inicialmente em liberdade.

Oliveira era conhecido por colecionar carros luxuosos e trabalhava com comércio exterior e som automotivo. O homem já tinha passagens pela polícia, por estelionato, uso de nomes falsos e já esteve preso.

crimebrasilpaimortefilhomansãovalinhosinteriorsão paulolegítima defesaagressãoameaçahomicídioinvestigaçãoarmasfuzilpolíciasbtsbt brasilsbt jornalismo

VEJA TAMBÉM


imagem offline

Professora morre esfaqueada e sobrinho é preso suspeito do crime

imagem offline

Flagra: policial da Brigada Militar do RS agride três pessoas

imagem offline

Jovem desaparece após abordagem policial no Rio Grande do Sul

imagem offline

Ex-PM é executado por dívida de drogas em cidade do Paraná