imagem offline
Fabrício César de Oliveira, empresário morto pelo filho em Valinhos (SP)

Primeiro Impacto

Pai agressor morto pelo filho ameaçou mãe e jovem um dia antes

audima

De acordo com a polícia, empresário teria enfiado arma na boca de uma das vítimas no dia anterior e dizia que ia matá-los. Caso aconteceu em Valinhos (SP)

por: Primeiro Impacto | 04/08/2021 às 10:15

O empresário morto pelo próprio filho de 14 anos em Valinhos (SP), na última terça-feira (3), deixava algumas das armas espalhadas pela residência. O homem tinha oito armas, incluindo um fuzil.

Criminosos fazem reféns durante assalto a posto de combustíveis
Carreta bate de frente com veículo e deixa cinco mortos no Paraná

O adolescente atirou três vezes em Fabrício César de Oliveira, e assumiu a autoria. O jovem foi motivado pelas agressões do pai à mãe, que eram recorrentes. De acordo com o rapaz, ele também era agredido, devido à violência constante do pai, que andava sempre armado.

O policial militar Juliano Cerqueira afirmou que mãe e filho foram ameaçados um dia antes da tragédia. "Ele colocou os dois de joelhos no chão, apontou arma para a cabeça, teria enfiado a arma na boca de uma das vítimas e dizia que que ia matá-los". 

No dia da morte do agressor, ele teria dito ao filho que retirasse a roupa pois "ia dar uma surra com uma barra de ferro".

Oliveira foi encontrado morto na garagem da mansão da família, em um condomínio de luxo. O adolescente alegou legítima defesa após mais um caso de agressão à mãe. Segundo a polícia, o garoto vai responder pelo crime de homicídio, inicialmente em liberdade.

Oliveira era conhecido por colecionar carros luxuosos e trabalhava com comércio exterior e som automotivo. O homem já tinha passagens pela polícia, por estelionato, uso de nomes falsos e já esteve preso.

crimebrasilpaimortefilhomansãovalinhosinteriorsão paulolegítima defesaagressãoameaçahomicídioinvestigaçãoarmasfuzilpolíciasbtsbt brasilsbt jornalismo

VEJA TAMBÉM


imagem offline

Idoso é esfaqueado por "justiceiros" após acusação de abuso sexual

imagem offline

Polícia investiga suposta execução de motorista em SP

imagem offline

Polícia encontra corpo de pode ser vítima desaparecida em PE

imagem offline

Mulher trans é agredida com rasteira em rua de Uberlândia (MG)